Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Definida a utilização das vacinas contra a Covid-19 que chegaram nos últimos dias

Publicação:

Os quatro participantes (um homem e três mulheres) acompanham a live que passa no telão. Todos estão sentados atrás de uma mesa redonda.

Das vacinas que chegaram ao Estado nos últimos dias, as Astrazeneca serão usadas para ampliar a imunização das pessoas com comorbidades e as Coronavac serão utilizadas na totalidade para a segunda aplicação (D2) de quem já recebeu a primeira há 28 dias ou mais. Elas serão distribuídas às 18 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRSs) e a municípios próximos da capital durante a terça-feira (4/5). As doses de vacina do laboratório Pfizer, que também estão previstas para chegar ao Rio Grande do Sul na noite desta segunda-feira, serão destinadas para a vacinação em Porto Alegre.

A destinação das doses foi definida em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), na manhã desta segunda-feira, com representação do Estado e dos municípios, por meio do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems/RS).

Coronavac
Serão distribuídas 31.780 doses da vacina Coronavac, do Instituto Butantan. Todas elas deverão ser usadas na segunda dose de quem recebeu a primeira há 28 dias ou mais. Essa quantidade será suficiente para cobrir 97% do público que se vacinou com as doses recebidas dia 20 de março.

Astrazeneca
As 458.614 doses da Astrazeneca/Fiocruz serão todas aplicadas na primeira dose do grupo das comorbidades, iniciando a fase 2: gestantes e puérperas maiores de 18 anos, independente de condições pré-existentes; pessoas com comorbidades de 40 a 53 anos; e pessoas de 40 a 54 anos com deficiência permanente cadastradas no Benefício de Prestação Continuada (BPC). Desta remessa, 413.750 doses chegaram na manhã desta segunda-feira e o restante são remanescentes da carga recebida na última semana. Ainda, 318 doses serão destinadas à continuação da vacinação de militares que integrarão a Operação Acolhida.

A remessa de vacinas Astrazeneca distribuída na última semana está sendo utilizada na imunização da fase 1 do grupo das comorbidades - pessoas com síndrome de down maiores de 18 anos; pessoas com doenças renais que fazem tratamento por diálise maiores de 18 anos; gestante e puérperas (passaram há menos de 45 dias pelo parto) e têm alguma comorbidade, maiores de 18 anos; pessoas com 54 a 59 anos com comorbidades; pessoas com deficiência permanente cadastradas no programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos.

Pfizer
As 32.760 doses da Pfizer/Biontech, chegarão em Porto Alegre em voo com aterrissagem prevista para as 19h45 de segunda. Elas serão distribuídas por postos de saúde da capital, e também serão utilizadas para avançar o grupo das comorbidades.

Incluindo as doses que chegaram nesta segunda, o Estado já recebeu doses suficientes para vacinar com a primeira aplicação (D1) 661.659 pessoas com comorbidades.

Secretaria da Saúde