Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Secretária Arita Bergmann visita Hospital de São Jerônimo, beneficiado com R$ 8 milhões do programa Avançar

Publicação:

Secretária Arita ouve um dos participantes da visita. Outros três homens também ouvem. Todos estão pé e de máscara. A conversa acontece num quarto de hospital, perto de um leito equipado.
Hospital São Jerônimo irá inaugurar obras de ampliação durante 2022. - Foto: Marília Bissigo/Divulgação SES

A secretária da Saúde, Arita Bergmann, visitou, na manhã desta quinta-feira (14/10), o Hospital de Caridade São Jerônimo, em São Jerônimo. A instituição foi contemplada pelo programa Avançar para as Pessoas na Saúde, do governo do Estado, com R$ 8 milhões para a conclusão das obras de ampliação que ocorrem no local. A secretária também apoiou a implementação do serviço de hemodiálise na unidade. "O governo do Estado, com o Avançar, valoriza a prestação de serviços o mais próximo possível do cidadão", falou Arita.

As obras de ampliação do hospital iniciaram ainda em 2015 e deverão ser concluídas durante 2022. A estrutura física aumentará de um andar para cinco. Após a inauguração do hospital completo, ele se tornará, nas palavras da secretária Arita, um polo de saúde para a região.

Em relação à assistência, passará dos 150 leitos clínicos atuais para 250 e oferecerá novas especialidades: vascular, urologia, hemodiálise, um novo centro cirúrgico e obstétrico, além de uma nova área administrativa, farmácia, lavanderia e central de material esterilizado. "Será um parque tecnológico de última geração", explicou o prefeito Evandro Agiz Heberle.

Hemodiálise
"Oferecer hemodiálise aqui no nosso hospital é um sonho antigo nosso. Recebemos hoje um presente do governo do Estado, que sempre foi muito sensível aos nossos pedidos", falou o diretor da instituição, João Batista Pozza.

O secretário municipal de Saúde, Ederson Pizio Lopes, acrescentou que "os pacientes que necessitam desse serviço já estão fragilizados por ser um tratamento sofrido. Com a hemodiálise no nosso município, as famílias terão uma preocupação a menos, que é precisar ir até Porto Alegre ou Canoas para isso". A expectativa é inaugurar o equipamento até o fim de 2022.

Estrutura
Mantido pela Associação dos Funcionários Públicos do Estado do Rio Grande do Sul, o São Jerônimo é considerado de média complexidade e conta serviços de cirurgia, pediatria, obstetrícia e medicina em geral. Dispõe ainda de pronto-socorro 24 horas, centro cirúrgico, obstétrico, central de material esterilizado e laboratório próprio, sendo referência para 400 mil moradores da Região Carbonífera e da Costa Doce. Durante a pandemia de covid-19, abriu 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), exclusivos para pacientes com a doença.

Atualmente, o hospital oferece 2,5 mil atendimentos no pronto-socorro, 250 cirurgias, 450 internações, 70 partos, 1,3 mil consultas em especialidades e 16 mil exames laboratoriais, todas através do Sistema Único de Saúde (SUS). O incremento mensal após a conclusão da ampliação será de 1,5 mil atendimentos no pronto-socorro, 150 cirurgias, 150 internações, 30 partos, 700 consultas em especialidades e 4 mil exames laboratoriais.

Os recursos repassados são provenientes do programa Avançar para as Pessoas na Saúde, do Governo do Estado, que irá aplicar um total de R$ 250 milhões até o final de 2022 na qualificação da rede hospitalar, na assistência farmacêutica e nas unidades básicas de saúde do Rio Grande do Sul.

Secretária Arita exibe um certificado ao lado de dois homens. Os três estão de pé e de máscara.
Secretária Arita foi convidada para receber a Ordem Mérito da Saúde Conselheiro Luzardo de Arau Diniz - Foto: Marília Bissigo/Divulgação SES

Homenagem
Na ocasião, a secretária Arita recebeu o convite para ser agraciada pela Ordem Mérito da Saúde Conselheiro Luzardo de Arau Diniz, em referência a uma personalidade local que faleceu de covid-19. "Se não tivéssemos instalado 20 leitos de UTI para pacientes covid durante o período mais intenso da pandemia muitas outras vidas teriam sido perdidas. Só conseguimos isso graças a ajuda da Secretaria da Saúde, por meio de recursos, articulações com o Ministério da Saúde, entrega de equipamentos e todo o apoio necessário", explicou o prefeito. A solenidade da homenagem será no início de dezembro.

Secretaria da Saúde