Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Ex-pacientes do Hospital São Pedro veraneiam na orla gaúcha

Publicação:

Grupo de desinstitucionalizados são fotografados aproveitando o mar
Grupo vai passar 15 dias à beira-mar - Foto: Divulgação/SES

Um grupo de oito ex-pacientes do Hospital Psiquiátrico São Pedro e que hoje habitam o Residencial Morada, em Viamão, iniciaram nesta segunda-feira, 13, um período de veraneio de 15 dias na praia de Cidreira. Ao todo, são 24 moradores daquela morada que terão a oportunidade de viver a experiência com o retorno da primeira equipe. Este é o terceiro ano que a atividade é realizada. Foram alugadas casas com o conforto necessário para abrigar os veranistas especiais que, além de aproveitar os dias de sol à beira mar, também desfrutam de passeios à noite.

Também os integrantes do Residencial Morada São Pedro já inauguraram o período de veraneio. Por ser a morada mais antiga - existe desde 2001 – os pacientes desinstitucionalizados deste local possuem mais autonomia e passaram três dias em um hotel de Capão da Canoa. Os grupos são acompanhados por uma equipe multiprofissional que trabalha com eles cotidianamente.

Veranistas sentados na frente da casa alugada para o veraneio. Uma delas toca violão
Descanso em casa - Foto: Divulgação/SES

O período de veraneio vai até o final de fevereiro. “Estes passeios significam para eles o que significaria para qualquer pessoa: mudança de rotina, interação com a natureza e convivência com outras pessoas. Até o momento de preparar as malas, programar a viagem, são coisas importantes na construção da cidadania de cada um”, observa Ubirajara Brites, diretor dos Serviços Residenciais Terapêuticos, do Hospital Psiquiátrico São Pedro.

Duas veranistas sentadas na beira do mar
Hora de aproveitar a beira da praia - Foto: Divulgação/SES
Secretaria da Saúde