Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Coqueluche

A coqueluche é uma doença infecciosa transmissível aguda que compromete predominantemente o aparelho respiratório, caracterizando-se por graves crises de tosse. A transmissão da doença ocorre, principalmente, pelo contato direto, por meio da fala, da tosse e do espirro. 

A coqueluche é um agravo de notificação compulsória, ou seja, é uma doença que a lei exige que seja comunicada a Secretarias Municipais de Saúde ou ao Disque Vigilância do Cevs (150). Apresenta um perfil epidemiológico sazonal (predomina na primavera e verão) e cíclico, podendo-se observar aumento de casos, em média, de 4 em 4 anos.

A principal medida de prevenção contra coqueluche é a imunização. A vacina, gratuita, é oferecida nas Unidades Básicas de Saúde, conforme Calendário Nacional de Vacinação.

 

Dados epidemiológicos:

Gráfico - Coeficiente de incidência da Coqueluche
Gráfico - Coeficiente de incidência da Coqueluche

Gráfico - Coeficiente de incidência da Coqueluche (estima o risco de adoecer por coqueluche) e cobertura vacinal da DPT ( vacina contra difteria, coqueluche e tétano) em crianças menores de 1 ano, RS, 1973-2018*. 

Fonte: Tabnet/CEVS – 25/07/2019. 

* dados preliminares

Secretaria da Saúde