Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Arita Bergmann participa da primeira assembleia do CONASS, com a ministra Nísia Trindade

Publicação:

Print da tela mostrando a reunião presencial, em Brasília, e a participação da Secretária Arita por videoconferência.
Assembleia ocorreu em Brasília.

Nesta quarta-feira, 25/01, a secretária da saúde, Arita Bergmann, participou da primeira assembleia do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), realizada em Brasília. O encontro deu as boas-vindas à ministra da saúde, Nísia Trindade, aos secretários nacionais do Ministério da Saúde e à representante da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS) no Brasil, Socorro Gross. 

Por meio de videoconferência, Arita participou do evento e desejou sucesso a todos os gestores nesta caminhada à frente do Ministério da Saúde. “O Rio Grande do Sul aplaude os secretários nacionais. Cada estado tem muito a contribuir para que tenhamos um Sistema Único de Saúde forte e resolutivo. Estou certa de que esta nova gestão fará cumprir a agenda de fazer o melhor possível para a saúde de todos, resgatando diretrizes e respeitando os preceitos da constituição e do SUS”, afirmou a secretária. 

Sentada arás de uma mesa em formato de U, Arita Bergman assiste a videoconferência que passa no telão à frente.
Arita participa de videoconferência do CONASS - Foto: Marcelo Bernardes/SES

A nova ministra da saúde, Nísia Trindade, agradeceu as boas-vindas e ressaltou que a colaboração federativa se pautará no fortalecimento do SUS, em ações prioritárias e em relações e integralidade, equidade e transversalidade, como: 

  • Recuperar confiança da população na vacinação 

  • Valorização das diferenças e diversidades dos “Brasis” 

  • Plano nacional de redução de filas para atendimentos, diagnósticos e cirurgias 

  • Planos estaduais de política de atenção especializada 

  • Retomada do Farmácia Popular 

  • Investimento em estratégias de ciência, tecnologia e inovação 

  • Investimento em informação e saúde digital 

  • Integração da saúde indígena 

Socorro Gross lembrou a cooperação entre o MS e a OPAS busca ampliar o trabalho e destacou que a força dos estados é muito relevante para a construção do novo governo. 

Estiveram presentes os secretários estaduais de todas as unidades federativas do país, assim como os secretários nacionais, vinculados à gestão do Ministério da Saúde. 

Texto: Mariana Ribeiro/SES

Secretaria da Saúde