Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Com maior procura, vacinas voltam a ser distribuídas conforme o número de imunizados em cada município

Publicação:

Homem sendo vacinado por uma profissional de saúde montado em um cavalo em Cruz Alta. Os dois estão de máscara.
A nova distribuição garantirá que cada município tenha as doses necessárias do imunizante - Foto: Divulgação/SES

O aumento da procura em consequência da variante ômicron levou a mudanças na distribuição de vacinas no Rio Grande do Sul. Reunida nesta quarta-feira (19), a Comissão Comissão Intergestores Bipartite (CIB) decidiu que a entrega dos imunizantes para a dose de reforço será feita de acordo com o número de vacinados com a segunda dose em cada município que já atingiram o prazo de quatro meses para a terceira. 

A volta da distribuição pactuada pelos gestores garantirá que cada município assegure as doses necessárias para o reforço da imunização, segundo a chefe da Vigilância Epidemiológica do Centro de Vigilância em Saúde (CEVS), Tani Ranieri

“Até a ômicron, o Estado vinha mantendo estoques da vacina, o que permitia que a entrega fosse feita conforme a demanda de cada município”, ela explicou. “Com o aumento da demanda, a gente está seguindo esse quantitativo de vacinados com a segunda dose para atender a este grupo”.     



Secretaria da Saúde